Notícias

 12.09.17 - 11h28

"Gostaria de terminar o mandato e não ver mais ninguém morando nas ruas"

ConstRua Cidadão ganhou reforços com a parceria do Sicredi e da Plantar
 
Programa que está entre as principais metas da administração municipal, o ConstRua Cidadão ganhou reforços de mais dois parceiros nesta manhã (12), durante a Escola de Governo. Ao receber as doações da Cooperativa de Crédito Sicredi e da empresa Plantar, o prefeito Leonaldo Paranhos reafirmou que desde que assumiu o mandato mobilizou a equipe de Assistência Social para combater a ideia e um problema de grandes centros que muitas vezes é concebido como natural: a presença de seres humanos vivendo nas ruas, "pois é muito frustrante para um prefeito passar numa avenida e ver alguém dormindo ao relento".
 
"Logo que assumi o governo, já chamei o Hudson [Moreschi Júnior] - que é nosso servidor de carreira e que tem uma equipe muito competente -, e tratamos de criar mecanismos para este impasse, pois não podemos nos acostumar com esta realidade e dizer que isso é normal. Ter morador de rua não pode ser natural. Essas pessoas precisam do nosso respeito. A nossa ajuda é consequência. O valor [recurso financeiro] é consequência. Se tiverem o nosso respeito [da Administração], as coisas irão caminhar para um rumo diferente. Então vamos investir neles. E os parceiros são fundamentais para isso, pois o Município sozinho não consegue fazer tudo. Gostaria de terminar o nosso mandato e não ter mais ninguém morando nas ruas. E acho que isso é possível", reforçou o  prefeito, convocando os moradores em situação de rua, acolhidos nos programas do Município, que já aderiram ao ConstRua Cidadão, para que compartilhem com os demais que ainda resistem à ideia, esta experiência. "Vocês são exemplo para aqueles que ainda não acreditam numa mudança de vida".
 
Atualmente Cascavel tem pelo menos cem pessoas em situação de rua que utilizam os serviços de acolhimento como a Casa POP, o Centro POP e o Albergue Noturno. Quinze deles já aderiram ao programa, "que com parcerias como essas foi possível criar uma rotina de trabalho e aprendizagem", comemorou o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior.
 
Por meio da parceria com a Cooperativa de Crédito Sicredi o Município recebeu o montante de R$ 27 mil, que serão repassados em uma conta específica para o programa, que visa ao resgate da dignidade das pessoas que vivem em situação de rua.  Segundo Hudson, cada morador que aderiu e cumpre a rotina de trabalho e estudo estabelecida receberá uma bolsa-auxílio de R$ 300,00  ao fim de cada mês. "Este é o primeiro passo para restabelecer a dignidade dessas pessoas. Elas aprendem a ter horários, uma rotina de vida e de trabalho. Acreditamos que após este ciclo eles poderão encontrar um emprego formal e retomar a vida em família e sociedade", estima o secretário.
"Para nós é motivo de orgulho poder fazer parte desta ideia", disse o presidente do Sicredi, Luiz Hoflinger, que entregou o cheque simbólico ao prefeito ao lado do diretor executivo da cooperativa, Aldo D´Agostini, e do gerente da Agência Cascavel, Carlos Gomes. "Mais do que o valor repassado, o significado está no gesto, pois a parceria representa a reinserção dessas pessoas na sociedade", disse Hoflinger, desejando "que este exemplo possa ser multiplicado por muito mais iniciativas como esta".
 
Casa POP em novo endereço
Além de investir no programa, a Prefeitura também investe na qualidade do acolhimento. Em breve a Casa POP mudará de endereço, deixando o Bairro Cancelli para o Bairro Santa Felicidade, na região sul, onde a Secretaria de Assistência Social locou um espaço maior e mais adequado, que dentro de 30 dias estará adaptado às necessidades do serviço.
De acordo com o secretário Hudson, com a mudança será possível dobrar a capacidade de acolhimento, passando de 25 para 50 acolhidos/dia.
 
Plantar doa ferramentas de trabalho
A Plantar Comércio de Insumos Ltda, que por meio da empresária Leo Vicentin Romero - que ouviu uma entrevista do prefeito Paranhos sobre a iniciativa num veículo de comunicação - também aderiu como parceira do Programa e hoje, durante a Escola de Governo, fez a entrega de ferramentas de trabalho para hortas e limpeza de terrenos, que serão utilizadas pelos moradores em situação de rua inseridos no ConstRua Cidadão.
Foram repassados ao programa dois balaios, cinco enxadas, três enxadões, cinco limas, três mangueiras 30m, quatro pás, quatro pás de corte, duas picaretas, dois rastelos, uma roçadeira, um serrote, três tesouras de jardinagem e três vassouras de aço, "parceria que vem somar conosco e nos ajudar a vencer este desafio", agradeceu o prefeito durante a Escola de Governo, entregando uma homenagem à empresa por contribuir com a implantação do projeto.

 Imprimir   Enviar por email   Comunicar erro   Receber Notícias  Compartilhe:  Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Adicione aos favoritos no Google

» Notícias Recentes

» Notícias Mais Acessadas