Notícias

 14.11.17 - 19h05

"Precisamos trabalhar muito para chegar perto do que fizeram os pioneiros"

Com cerca de mil pessoas participaram nesta terça-feira (14), aniversário dos 66 anos de Cascavel, no salão social do Tuiuti Esporte Clube, da 24ª edição do Almoço dos Pioneiros, tradicional evento alusivo às comemorações. De acordo com o cadastro do MIS (Museu da Imagem e do Som), pelo menos 800 pioneiros são moradores que chegaram em Cascavel ainda antes da década de 1960 e contribuíram com a construção da Capital do Oeste, o que transforma o encontro anual em uma justa homenagem.
 

Na abertura do evento, o prefeito Leonaldo Paranhos relatou que logo que chegou ao Tuiuti e foi cumprimentar as pessoas nas mesas, “ouvi depoimentos e histórias, relatos do que aconteceu e transformou essa cidade e por isso somos o que somos”. Paranhos disse se sentir “constrangido porque as vezes falo ‘meu Deus, estou trabalhando muito, correndo demais’; mas, quando ouço depoimentos das pessoas que me falaram hoje daquilo que foi feito pela nossa cidade, entendo que temos que trabalhar muito mais”. De acordo com Paranhos é preciso ter “muito respeito e muita dedicação para poder chegar próximo daquilo que foi feito pelos nossos pioneiros em um momento que tudo era mais difícil”.

 

Paranhos lembrou que em um determinado ponto da história até Lindoeste e Cafelândia faziam parte de Cascavel. “Por isso, mesmo quando reclamo que não conseguimos chegar lá na ponta das nossas estradas rurais, agradeço a ajuda de todos, dos nossos deputados federais que se empenham para viabilizar recursos e, liberando verbas para Cascavel, vamos fazer por esta cidade o que ela merece”. Encerrando seu breve discurso, Paranhos fez questão de fazer o justo “reconhecimento do que significam os nossos pioneiros; que Deus abençoe a todos e a nossa querida e amada Cascavel”.

 

 

 

“Bela e jovem senhora”

 

O vice-prefeito e secretário de Obras, Jorge Lange, fez questão de render suas homenagens “a cada um dos nossos pioneiros que nos ajudou a construir a bela cidade de Cascavel; Cascavel é o que é hoje graças ao empreendedorismo, ao trabalho e a coragem de cada um”. O presidente da Câmara de Cascavel, vereador Gugu Bueno, disse que Cascavel é uma “bela e jovem senhora” e uma “cidade maravilhosa”. Segundo ele, Cascavel tem os seus problemas “porque é uma cidade que está em constante crescimento”.

 

Salazar Berreiros, falando em nome dos ex-prefeitos, disse que “durante a minha aprendi algo muito importante que ‘servir de caminho é ensinar a caminhar’. Segundo Salazar, “hoje estamos na frente de uma plateia extraordinária que são aqueles que nos ensinaram a caminhar; chegaram primeiro, quando Cascavel não era nada em termos de urbanização. Mas, nos ensinaram com seu trabalho, garra, determinação e fé, vindos de longe plantaram as sementes desta que é hoje uma extraordinária cidade”. E completou: “somos eternamente gratos aos senhores e as senhoras”.

 

O deputado federal Nelson Padovani lembrou que “aqui tudo começou com a economia da erva-mate com aqueles carroções e quatro cavalos que faziam a grande economia dessa terra; depois chegaram os madeireiros de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo e assim se transformava aquela Cascavel industrial”. Logo após o clico da madeira, “veio a genética da soja e do trigo e estamos vendo, cada vez mais, a agricultura desenvolver”. Padovani rendeu homenagens, em nome da Câmara Federal, a força de trabalho de “todos os homens e mulheres que vieram do campo e com sua força de trabalharam construíram Cascavel e também o Paraná”.

 

  

Homenagem

 

O casal Adão Carvat (93 anos) e Regina Carvat (91), moradores do Distrito de São João do Oeste, que completaram 70 anos de casados no último dia 5 de novembro, e chegaram em Cascavel em 1938. Representando todos os pioneiros de Cascavel, o Casal Carvat recebeu uma lembrança do prefeito Paranhos.

 

  

Selo 66 anos

 

Logo no início da solenidade, o prefeito Leonaldo Paranhos, o vice Jorge Lange, o diretor de Ação e Difusão Cultural, Luciano Biaggi, e o superintendente dos Correios do Paraná, Paulo Cezer Kremer dos Santos, fizeram o lançamento do selo comemorativo dos 66 anos de Cascavel. Foram impressos 3 mil selos com as cores do brasão do Município, marcando mais uma aniversário da cidade.

 

 

 

 

 

 

 

 Imprimir   Enviar por email   Comunicar erro   Receber Notícias  Compartilhe:  Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Adicione aos favoritos no Google

» Notícias Recentes

» Notícias Mais Acessadas