Notícias

 13.04.18 - 18h58

Videogame e demais atrações fazem a alegria da garotada no Território V

Alunos do 4º ano da Escola Municipal José Henrique Teixeira, no Morumbi, tiveram uma atividade diferente hoje (13). Elas participaram das brincadeiras oferecidas no Território Cidadão, instalado na noite de ontem (13). Equipes da Secretaria de Cultura e Esportes montaram camas elásticas, xadrez gigante, varal de pintura, pintura de rosto, videogame interativo, oficina de leitura e contação de histórias.

Para atender as crianças o Expresso Brincalhão, que é um ônibus adaptado para esta finalidade, e o Ônibus Biblioteca foram levados para o pátio da Igreja Católica Santa Rita de Cássia, onde a estrutura temporária do TC está montada. Para as crianças uma aula divertida, uma forma diferente de aprender lições como respeito ao próximo, trabalho em equipe, coordenação motora, percepção do espaço entre outras.
A professor Márcia Reinhold disse que estas atividades ao ar livre desestressam as crianças e “isso facilita a aprendizagem. Elas voltam para a sala de aula mais felizes, mais criativas, mais participativas e, tudo isso contribui para a aprendizagem”.

O gerente de Informática da Prefeitura de Cascavel, Adriano Oliveira, disse que neste jogo (videogame X-Box) os pequenos precisam trabalhar em dupla, de forma coordenada, para avançar as fases e fazer o maior número de pontos e, assim, ganhar o jogo.
“Muitas destas crianças nunca tinham tido acesso a este jogo. Elas chegam aqui e ficam encantadas. Todas querem brincar . Até segunda-feira (16) a estrutura temporária do TC estará montada no Bairro Morumbi, na Rua Serra da Esperança esquina com Montenegro. Os atendimentos da Agência do Trabalhador, do Cras, da Ouvidoria 156 e Particity, o tabuleiro de xadrez, o videogame e a pintura de rosto estão sendo feitos no salão paroquial do Morumbi.

Cras Periolo movimentado

Esta quinta edição do Território Cidadão está movimentando também o Cras (Centro de Referência em Assistência Social) do Periolo, que também faz parte do TC-V. Hoje muita gente procurou informações e agendou a confecção do documento de identidade. Nós vamos fazer o cadastro das pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social, aquelas que não têm acesso à internet”, explicou a coordenadora do Cras Periolo, Cristiane de Lima.

A coordenadora explicou ainda que as pessoas que passarem pelo local não vão pagar a taxa para confecção do RG. O aposentado Lorivaldo dos Santos quer fazer a segunda via da carteira de identidade dele e da esposa, a dona de casa Neusa Mendes da Silva. Ele disse que procurou o serviço oferecido no TC porque facilita muito. “É difícil e não tenho internet, não sei mexer e tenho que sair de casa para fazer o agendamento; agora ficou fácil porque o Território está bem perto da minha casa".

Depois de atendidas na estrutura temporária do TC, as pessoas devem ir ao Cras para pegar o encaminhamento para o Instituto de Identificação. “Nós entregamos o protocolo e, com ele, o atendimento fica mais fácil”, completou Cristiane, lembrando que o Cras também providencia o ônibus para o transporte ida e volta das pessoas beneficiadas pelo serviço.

 

 Imprimir   Enviar por email   Comunicar erro   Receber Notícias  Compartilhe:  Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Adicione aos favoritos no Google

» Notícias Recentes

» Notícias Mais Acessadas