Notícias

 08.06.18 - 11h31

67 famílias conquistam o direito à propriedade em São João

Prefeito sancionou nesta manhã (8) a lei que repassa à Cohavel uma área de mais de 22 mil m² para fins de regularização fundiária


Sessenta e sete famílias que residem há mais de dez anos em uma área ocupada na região urbana do Distrito de São João, deram o primeiro passo hoje (8) rumo à conquista do direito à propriedade. Na presença dos beneficiários, o prefeito Leonaldo Paranhos sancionou a Lei nº 6.849, de 17 de maio de 2018, que autoriza a doação do imóvel constituído pelo lote nº 71-A-1 da Gleba nº 4, da Colônia "M" São João e Esperança, à Cohavel, para fins de regularização fundiária.

"O interior foi tão humilhado e esquecido, que as pessoas se habituaram a pedir apenas estradas, e isso está errado. Agora o interior está sendo tratado como cidade, recebendo melhorias em todas os setores, conforme nos comprometemos", reafirmou Paranhos ao confirmar que "não podemos concentrar nossos esforços e investimentos na Avenida Brasil, mas em garantir direitos às pessoas, com um governo justo e com maior sensibilidade".

Isso inclui também moradia e, neste caso, que essas famílias irão agora passar por um processo de atendimento das equipes da Cohavel, em parceria com a Cohapar, conforme detalhou o presidente da Companhia de Habitação de Cascavel, Nei Hamilton Haveroth, até receber a titularização dos imóveis. Ele informou ao prefeito, vereadores e às famílias que há tempos aguarda a parceria da Cohapar e que, nesta semana, a Companhia sinalizou positivamente para auxiliar nesta documentação.
O primeiro passo será a realização de um levantamento topográfico, da área de 22.200 metros quadrados para dividir os terrenos, depois emitir os documentos. As famílias pagarão pelos imóveis um valor social que ainda será definido.

"Se eu terminasse meu mandato hoje, já estaria realizado, pois é uma conquista histórica para estas famílias", disse o vereador Josué de Souza, para quem "o governo tem que ser feito para as pessoas que mais precisam; e esta é uma conquista das famílias, que irão pagar dignamente por suas moradias".

O presidente da Câmara de Vereadores, Aldino "Gugu" Bueno e o vereador Alécio Espínola também prestigiaram o ato. Gugu disse que "estamos prestes a viver a maior revolução que já tivemos no interior de Cascavel, com investimentos em todos os setores".

Para a vice-presidente da Associação de Moradores do Distrito, Gisele Viel, esta conquista que dura mais de uma década vem trazer alento às famílias do distrito, "que por muito tempo ficaram esquecidas. A sede abriga todas as comunidades e as demandas lá se concentram. Estamos otimistas com as mudanças".

Tapa-buracos e malha asfáltica
Além de garantir a regularização fundiária, o prefeito ouviu os moradores e atendeu aos pedidos intermediados pelo vereador Josué de uma urgente operação tapa-buraco em toda a extensão da estrada que liga o distrito à comunidade de Cachoeira Alta, a qual encontra-se segundo os moradores com o calçamento bastante deteriorado devido à ação do tempo, e a implantação de malha asfáltica nas ruas do perímetro urbano do distrito.

O prefeito solicitou à equipe da Sesop que atenda ao pedido, na medida que o tempo permitir, até o fim deste mês de junho e sinalizou que ruas no perímetro urbano do Distrito de São João, que são contempladas com calçamento de pedra irregular, deverão receber o recape até o fim deste ano.

"A estrada em boas condições é a nossa grande necessidade e este anúncio também é muito importante", disse o morador Dimas Michel.

Para o morador Sandro Matias, que representou a comunidade, "o distrito realmente precisa de todas essas melhorias e investimentos que irão, com certeza, melhorar a qualidade de vida".

 Imprimir   Enviar por email   Comunicar erro   Receber Notícias  Compartilhe:  Compartilhe no Twitter  Compartilhe no Facebook  Adicione aos favoritos no Google

» Notícias Recentes

» Notícias Mais Acessadas